A Kungur é uma caverna de gelo localizada nas margens do Rio Sylva, na Rússia.  Com um comprimento de passagens exploradas mais de 5 km, é uma das maiores cavernas cársticas da Rússia, um tipo de relevo geológico caracterizado pela dissolução química (corrosão) das rochas.

Ao longo de milhares de anos, a água da chuva dissolvida formou um sistema de corredores subterrâneos espaçosos, cheio de rochas de formas peculiares. A fusão da água através das rochas porosas congelou no interior frio da caverna para se transformar em estalactites de gelo que pendem do teto em formas completamente imprevisíveis e tamanhos notáveis.

Alguns dos pingentes pendurados atingiram o chão e formaram colunas de gelo espetaculares em forma de ampulhetas gigantes.

Um dos lugares mais bonitos da caverna é bem perto da entrada e se chama a gruta Diamante. Camadas de gelo antigo nestas câmaras transbordam sob holofotes, trazendo à mente uma cachoeira congelada, enquanto arcos cobrem grandes cristais. Na gruta Diamante é possível observar estalactites e estalagmites de gelo. A Caverna Kungur é estruturamente equipada para que os turistas possam visitar e admirar o belíssimo cenário.

1

2

3

Compartilhe a natureza!