Cactus é a nova sensação dos jardins internos. Pequenos ou grandes, essas plantinhas sempre dão um charme para o ambiente.

Pensando no ritual diário de regá-las foi que os noruegueses do estúdio Anderssen & Voll criaram um regador específico para cactus. Também um vaso especial para a planta como parte da coleção “indoor gardening” (jardinagem interna, em tradução literal).

Pesquisas revelam que pessoas que praticam jardinagem são mais felizes, e esse é outro ponto analisado pelos designers. Porque nem sempre é possível plantar flores e árvores fora de casa. Vejam que graça é a coleção:

regador2

regador4

regador3


A África é cheia de encantos! Mas tem um que poucos conhecem: Burkina Faso. Esse é um lugar em que turistas não visitam. Fica em uma colina com vista para a savana da África ocidental. Lá se encontra o povo Tiébélé, que vive em um espaço de 1,2 hectares com uma arquitetura extraordinária.

O povo se mantém extremamente reservado e afastado dos estranhos, muito provavelmente, para preservar e conservar a integridade das estruturas da área e proteger suas tradições locais.

As casas são circulares e feitas com terra. Mas o que chama a atenção são as pinturas com argila natural em padrões geométricos e elaborados de diferentes maneiras em cada casa.

uma-parte-da-africa-poucos-conhecem-blog-usenaturezauma-parte-da-africa-que-poucos-conhecem-blog-usenaturezauma-parte-da-africa-que-poucos-conhecem-pessoas-blog-usenaturezauma-parte-da-africa-que-poucos-sabem-blog-usenatureza


A copaíba é uma árvore encontrada na Mata Atlântica e na Amazônia, é uma planta medicinal, cujo óleo é muito utilizado para aliviar inflamações, problemas de pele, feridas e machucados abertos.

conheca-o-oleo-de-copaiba-e-seus-beneficios-blog-usenatureza

PARA QUE SERVE A COPAÍBA

Serve para tratar problemas de pele como pé de atleta, feridas, erupções, dermatites, pano branco, psoríase, picadas de inseto, irritações da pele, eczema, etc. Também ajuda a tratar problemas como úlceras no estômago, caspa, tosse, catarro no peito, bronquite, resfriado, gripe, cistite, diarréia, hemorróidas, frieira, artrite, dores nas juntas e musculares, herpes, sífilis, micose, garganta inflamada, sinusite, acne, gases e urticária. É indicado para infecções e inflamações e essencial para cicatrização.  Assim como está sendo estudado também seu uso para o tratamento de câncer.

PROPRIEDADES DA COPAÍBA

As propriedades da copaíba incluem a ação anti-inflamatória, anti-séptica, hipotensora, diurética, antimicrobiana, relaxante muscular, cicatrizante, desinfetante, antibacteriana, expectorante, anticancerígena, antitumoral, adstringente, antibiótica, emoliente, energizante, cicatrizante do couro cabeludo, estimulante , laxante e tônica.

COMO USAR O ÓLEO DE COPAÍBA

Para problemas de pele: colocar uma pequena quantidade do óleo de copaíba sobre a área da pele afetada pelo menos 3 vezes ao dia.

Para artrite: colocar uma pequena quantidade do óleo em uma panela e deixar amornar, depois aplicar sobre a área afetada até 2 vezes por dia.

COMO TOMAR O ÓLEO DE COPAÍBA

Para que nosso organismo se acostume, na primeira semana da ingestão do óleo, tome 1 gota ao dia, de preferência após o café da manhã. Na segunda semana tome 2 gotas ao dia, sendo a primeira após o café da manhã e a segunda após o almoço. Na terceira semana ingerir 3 gotas. Uma após o café da manhã, outra após o almoço e outra após o jantar. Na quarta semana, inicia-se a dose normal, que é de 2 gotas de óleo de copaíba 3 vezes ao dia. Duas antes do café da manhã, 2 após o almoço e 2 após o jantar. Após a quarta semana, pode-se tomar 6 gotas uma única vez ao dia. Pela manhã, à tarde ou à noite, escolha a melhor opção para o seu dia a dia.

conheca-o-oleo-de-copaiba-e-seus-beneficios-óleo-blog-usenatureza

CONTRAINDICAÇÕES

O óleo é contraindicado para mulheres grávidas ou em fase de lactação.

conheca-o-oleo-de-copaiba-e-seus-beneficios-fruto-blog-usenatureza


Os Daasanach são cerca de 50.000 pessoas de tribo semi-nômade, do sul da Etiópia. Por dependerem também da agricultura, mudaram-se para áreas mais próximas ao rio Omo, onde passam meses coletando tampas de garrafas e vendendo-as para pagar  relógios quebrados, tic-tacs e outras peças descartadas de plástico e metal; que homens e mulheres, jovens e velhos  usam em jóias e perucas.

acessorios-reclicados-tribo-etiopia

O fotógrafo francês Eric Lafforgue documentou a cultura Daasanach e como vivem sob a influência de bens manufaturados modernos. Ele contou ao The Daily Mail que, para evitar que os penteados se estraguem, as pessoas dormem com uma espécie de “travesseiro de pescoço” feito de madeira. Os homens usam estes ornamentos até se casarem, quando mudam para penteados de barro decorados com um padrão de arlequim, bem coloridos e finalizados com com uma pena.moda-tribo-etiope-colares-penas-reciclagemacessorios-reciclados-etiopia


...23456...102030...