O bambu é uma forma de trazer o ecológico e o simples ao seu dia a dia

A cozinha é um dos ambientes mais acolhedores da casa. Afinal, lá é o local onde se prepara o que nos alimenta e se guarda o que nos nutre. Um cômodo tão cheio de significado merece um toque de ecologia e praticidade. Então que tal os utensílios de bambu?

Veja como é possível tornar a sua rotina mais simples com os utensílios de bambu e coloque um pouco mais de natureza na sua cozinha. Confira:

Porque o bambu é uma solução ecológica e prática

Enquanto solução sustentável e simples, o bambu tem vários usos e é altamente recomendado por especialistas. Desde material para a construção civil até utensílio doméstico para melhorar o seu dia a dia, o bambu é visto como uma excelente alternativa.

“O bambu pode ser usado em abundância e tem uma reprodução muito rápida”, explica o pesquisador do Inpa/MCTIC (Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia) Ruy Sá. Ele ainda acrescenta que o bambu é a madeira mais resistente da natureza e a mais leve, ao mesmo tempo.

As vantagens do bambu

Como a fibra de bambu utilizada nas ferramentas de cozinha são biodegradáveis, temos uma alternativa sustentável para a rotina.

Além disso, trazem um ponto positivo na praticidade por ter um uso facilitado e, principalmente, serem muito simples de limpar.

Veja as vantagens dos utensílios de bambu:

  • 🎋 Durabilidade – demoram a ficar com marcas de uso
  • 🎋 Facilidade – são simples de usar e de limpar
  • 🎋 Segurança – não liberam resíduos com o uso adequado
  • 🎋 Biodegradáveis – não são nocivos ao meio-ambiente
  • 🎋 Fabricação verde – evita uso de recursos não renováveis, como o petróleo
  • 🎋 Recicláveis – da natureza e de volta para a natureza ao final do ciclo de uso

 

Exemplos de uso do bambu na cozinha

Agora que você já conhece os benefícios do bambu na sua cozinha. Que tal alguns exemplos de como ele pode se inserir e facilitar o seu dia a dia? Conheça os principais utensílios feitos no material:

  • 🍲 Escorredor de louça
  • 🍲 Quebra nozes
  • 🍲 Cumbuca
  • 🍲 Porta condimentos
  • 🍲 Porta guardanapos
  • 🍲 Saleiro
  • 🍲 Pegador de salada
  • 🍲 Petisqueira
  • 🍲 Saladeira
  • 🍲 Bandeja
  • 🍲 Tábua de corte

 

Apenas um cuidado

O uso do bambu na cozinha apenas requer um cuidado principal. Por conta da resina usada na fabricação de alguns utensílios, o ideal é não usá-lo como recipiente no microondas. Assim, a liberação de resíduos é evitada.

De resto, o material é visto como uma solução verde que ajuda na sua rotina. Além disso, usar um material verde tão benéfico para a natureza e que simplifica o seu cotidiano não tem preço.

Gostou da praticidade do bambu? Quer ter um pouco da natureza em casa? Então confira nossos utensílios de cozinha em bambu clicando aqui.

Ah, e para receber mais conteúdos como esse, faça o seu cadastro. É só arrastar para baixo, colocar seu nome e email na caixa que está logo abaixo do “leia também” e se cadastrar na nossa newsletter.

Compartilhe a natureza!

Uma atitude simples que traz harmonia e te sintoniza com a natureza é ter plantas ao seu redor


Chegar ao lar é sempre um dos momentos mais agradáveis do nosso dia. Chegar e ser acolhido pelo seu cantinho verde, sentindo o frescor e o aroma dele, é ainda mais gostoso. Todos os ambientes ganham um toque especial quando ganham sintonia com o natural.

Espalhar plantas e flores naturais pelos cômodos é uma forma simples de realizar conexões. Na sala de estar, na mesinha de centro, no banheiro… Elas ajudam na decoração, tornam tudo mais aconchegante e trazem harmonia. Veja com a gente os benefícios de ter plantas em casa.

As vantagens de ter plantas

Existem muitas formas de inserir o natural e o verde na sua casa. Desde as mais sofisticadas, como uma parede verde, às mais rápidas como uma suculenta em uma caneca. Todas elas têm benefícios indicados por especialistas da área.

“Uma parede verde pode ser a solução para quem busca qualidade de vida, podendo trazer benefícios acústicos e térmicos, sem contar a qualidade estética”, contou a paisagista Rafaela Novaes à Casa Vogue.

Contribuindo com isso, um estudo publicado pelo Journal of Physiological Anthropology mostra que plantas em casa ou no escritório fazem com que você se sinta mais confortável, calma e em conexão com a natureza.

O que as plantas em casa podem fazer por você

Plantas no interior não apenas são bonitas, mas também fazem com que a gente se sinta bem. Estudos já mostraram que o verde natural nos ambientes tem as seguintes propriedades:

    • 🌿 Melhoram o humor, a produtividade, a concentração e a criatividade
    • 🌿 Reduzem estresse, fadiga, inchaços na garganta e resfriados. Elas ajudam a higienizar o ar interno absorvendo toxinas, aumentando a umidade e produzindo oxigênio
    • 🌿 Dão vida a um espaço vazio, trazendo privacidade e diminuindo o nível de ruído
    • 🌿 Tem um valor terapêutico em seus cuidados


Ou seja, é verdade quando dizem que ter plantas
ao redor faz a vida ficar melhor.

Como cuidar das plantas

Uma das grandes dificuldades de quem se interessa em ter plantas no próprio lar é a questão dos cuidados. Mas, quem as tem garante que é muito mais fácil do que parece. O segredo é a manutenção.

“Procure saber o que é melhor para cada uma delas. As que precisam de mais luz podem ficar perto das janelas, como as tillandsias, a jiboia e a hera. Outro cuidado é com a rega. Em geral, as espécies de interior não podem ficar encharcadas. Só coloque mais água quando a terra estiver ressecada”, explica a jornalista Nádia Simonelli em reportagem da Revista Casa Claudia.

Amamos a natureza e queremos dividir isso com você! Por isso, você encontra na USENATUREZA tudo o que precisa para garantir mais conexão, sintonia e harmonia com o meio ambiente. Clique e confira!

Outro recado: se você gostou do artigo e quer receber mais conteúdos como esse, faça o seu cadastro para receber Novas Matérias. É só arrastar para baixo e colocar seu nome e email na caixa que está logo abaixo do “leia também” e se cadastrar na nossa newsletter.

Compartilhe a natureza!

dicas de beleza natureza capa

Na correria de sempre, parece um peso ter que gastar tempo — mesmo que alguns minutos — na sua rotina de beleza. Ainda mais as ecológicas. Afinal, no meio de fazer café da manhã, levar as crianças para o colégio, correr para o trabalho ou as milhões de tarefas matinais de rotina, é até difícil pensar nisso. Mas você vai ver como 7 dicas ecológicas de beleza descomplicadas podem entrar facilmente no seu dia a dia aqui conosco hoje.

1 – Usar Cosméticos Orgânicos

Fique uma semana usando cosméticos orgânicos em vez dos artificiais e sinta a diferença imediatamente. O corpo tem uma capacidade incrível de absorver o que está sendo utilizado e isso não é diferente com produtos sintéticos e derivados. A substituição dos cosméticos é o primeiro passo para uma rotina mais simples e ecológica.

“Nossa pele absorve tudo com extrema rapidez, e o que a gente passa sobre ela cai diretamente na nossa corrente sanguínea. Prova disso são os medicamentos em adesivos como anticoncepcional e nicotina, né?”, explica bem a consultora de moda e beleza Giovanna Nader à revista Glamour.

2 – Já pensou na sua escova de dente?

A escova de dente é uma rotina de higiene e beleza que aparece nas nossas vidas diversas vezes ao dia. Mas o plástico desses produtos pode causar um impacto ambiental, já que leva até 500 anos para decompor.  

Sendo assim, a utilização de escovas de dente de bambu é pra lá de recomendada. Afinal, o bambu é um material biodegradável, além de ser uma planta de crescimento acelerado. Ou seja, sem desmatamento.

3 – Usar o produto até o final

Evitar desperdícios é uma das formas de aplicar a ecologia e a sustentabilidade no dia a dia. Inclusive, provavelmente é a mais fácil de todas. Sendo assim, apenas de usar seu produto de beleza até o final, você está tomando uma atitude mega sustentável.

4 – Conheça o óleo de coco

Muita gente não sabe, mas existe um demaquilante natural perfeito? O óleo de coco remove com facilidade todo tipo de maquiagem, mesmo as que parecem mais fixadas. “Ele remove perfeitamente base, batom, sombra e até rímel a prova d’água. Façam o teste! Ainda, de quebra, é um ótimo hidratante. Eu aplico o produto com a ponta dos dedos, massageando e “derretendo” o make”, contou Giovanna.

5 – Um substituto para o algodão

O algodão é um dos principais produtos a aumentar o lixo caseiro sem a gente nem ao menos perceber. Para evitar essa produção de material descartável, existe uma solução simples e eficiente. Conhece os discos reutilizáveis? Feitos de crochê ou tecido, eles são substitutos ambientais perfeitos e podem ser usados por muito mais tempo.

6 – Desodorante sem alumínio

Quando se trata de bem-estar e autocuidado no dia a dia, o desodorante é parte essencial. Mas substituir os feitos à base de alumínio por opções que utilizem pedra de alume ou bicarbonato de sódio vão fazer um bem enorme ao seu corpo.

Inclusive, a especialista Giovanna Nader acrescenta: “já foi comprovado cientificamente que os desodorantes com alumínios podem provocar câncer de mama” 

7 – Dê uma olhadinha nos rótulos

Talvez seja a dica mais trabalhosa de aplicar, mas também tem a sua importância. Afinal, dar uma conferida nas informações dos produtos é a garantia de que você vai ser sustentável. Formaldeídos, silicone, petrolatos e triclosan são algumas das palavras que você deve evitar.

Gostou de ver como a ecologia e a beleza podem entrar no seu dia a dia de uma forma fácil? Quer descobrir por onde começar? Então saiba que a USENATUREZA tem toda uma categoria de Cosméticos Orgânicos que podem fazer maravilhas por você.

E se você quer receber mais conteúdo como esse, não esqueça de fazer o seu cadastro para receber Novas Matérias! Basta acrescentar seu nome e email nas caixas que estão do lado direito ou embaixo do seu navegador.

Compartilhe a natureza!

A água pode ser um local de terapia zen e meditação

mindfulness agua meditacao subaquatica usenatureza

Quando se está debaixo d’água parece que você se isola do mundo e entra em um universo só seu. Ficar submerso/a é uma sensação ótima que todo mundo já experimentou. O tempo parece correr mais devagar e o que é mais profundo do ser tem a chance de aparecer. Por conta disso, a meditação subaquática pode ser uma ótima opção.

Quando a gente para e pensa dessa maneira, a água tem tudo a ver com o mindfulness, não é mesmo? Então hoje você vai conhecer tudo o que precisa sobre a meditação na piscina, no mar, na cachoeira ou na lagoa. Além disso, pode descobrir seus benefícios e como começar a praticar imediatamente.

 Um pouco sobre a meditação subaquática

“A meditação subaquática é eficaz para minimizar o estresse e a ansiedade que estão atrelados aos principais problemas que o estilo de vida moderno proporciona para a maioria das pessoas, especialmente as que moram nos grandes centros urbanos”, explica Fabiano “Dushi” Silva, mestre em mergulho e CEO da EVIDIVE Dive Center.

Segundo ele, existe uma infinidade de técnicas para meditar, mas todas têm como objetivo principal a questão da respiração. Estar submerso permite uma consciência maior dessa mecânica do corpo, favorecendo estados de mindfulness (atenção plena) e meditação.

 Os benefícios do mindfulness embaixo d’água

A meditação subaquática trabalha a atenção plena a partir da concentração na respiração. Como a respiração é a chave para se desligar dos problemas, a privação ou a alteração dela trabalha a autoconsciência.

O efeito é imediato no relaxamento, trabalhando o bem-estar físico e mental, além de promover cura ao aprimorar a saúde como um todo.

“Sinto-me mais criativa quando consigo sair do meu cérebro e entrar no meu corpo. Dançar debaixo d’água é uma forma de meditação”, contou atriz e atleta de nado sincronizado Claire Friesen à Vogue, que consegue ficar até 4 minutos submersa.

 Como começar a praticar o mindfulness aquático

Além disso, sessões podem ser feitas com equipamento de mergulho — mesmo um mais básico, como o snorkel — para trabalhos mais longos, ou de forma livre para estados mais transitórios. 

O ambiente também fica de acordo com a escolha e a possibilidade do praticante, podendo ser em uma piscina, no mar, em uma lagoa ou na cachoeira. 

Ou seja, a meditação embaixo d’água não precisa ser um privilégio de quem é do litoral ou de mergulhadores experientes.

Diferenças entre o mergulho e a meditação subaquática

Apesar de algumas similaridades nas sensações, como o relaxamento e o controle da respiração, a grande diferença entre um mergulho comum e uma sessão de meditação está no propósito. 

Um mergulho autônomo — aquele que não é competitivo — padrão pode trazer outros benefícios e descobertas, mas não funciona com o objetivo específico de promover a meditação. Sendo assim, é muito difícil entrar no estágio de concentração necessário para a atenção plena quando o intuito não é meditar.

Gostou de conhecer mais sobre essa prática de meditação  de colocar na rotina? Bom, então temos uma dica da USENATUREZA para você! 

Nada melhor do que um bom banho depois de uma sessão relaxante na piscina ou no mar, não é mesmo? Para manter a conexão com o ambiente e o relaxamento, shampoos, condicionadores e sabonetes orgânicos caem muito bem. 😉🍃

Compartilhe a natureza!

Uma caminhada rápida ao ar livre repleta de benefícios e que está em alta na quarentena

Olhando para o céu, você vê um azul sem nuvens entre as folhas e o Sol brilhando, mas não sente calor graças à sombra refrescante das árvores. Assim, é possível caminhar por horas sem aquele impacto de um dia quente. Esse é o tipo de sensação gostosa que o hiking pode proporcionar.

Quem não gostaria de ter mais tempo caminhando na NATUREZA? Ainda mais quando sentimentos assim podem ser explorados durante o passeio. Hoje você vai conhecer mais sobre essa prática deliciosa, cheia de benefícios e fácil de aplicar no dia a dia que é o hiking, além de descobrir como começar imediatamente.

O que é o hiking

Uma tendência na saúde que está muito forte e promete trazer cada vez mais adeptos. O hiking é um tipo de caminhada junto à natureza é cheio de atrativos e benefícios. A Enciclopédia Britannica define o hiking como uma “caminhada na natureza como atividade de lazer”.

A The North Face, marca especializada em produtos para recreação ao ar livre também dá uma boa explicação para o termo: “O hiking é mais acessível e rápido. Para exemplificar de forma simples, ele pode ser considerado um bate e volta na trilha. O hiking não dura mais de um dia. Por isso, não é necessário carregar apetrechos de acampamento ou grandes mochilas. Este tipo de aventura é ideal para quem quer aproveitar um dia longe da cidade ou até explorar as trilhas em parques nas regiões metropolitanas”.

Sendo assim, não há maiores desafios em começar a fazer uma caminhada na natureza. Basta encontrar uma trilha perto da sua casa, de repente em um parque mesmo, e começar o seu passeio!

Porque o hiking faz bem

Como um grupo de pesquisadores do Prescott College publicou no American Journal of Lifestyle Medicine: “o efeito sinergético da atividade física e do tempo gasto na natureza fazem do hiking uma atividade ideal para melhorar a saúde e o bem-estar como um todo”.

Portanto, as vantagens do hiking são fáceis de perceber tanto a curto quanto a longo prazo. Caminhadas rápidas em trilhas têm os seguintes benefícios:

  • Aumentam os níveis de tranquilidade e felicidade
  • Desenvolvem a criatividade
  • Mantêm a mente afiada
  • Melhoram os relacionamentos

 

O hiking e a quarentena

Diante da facilidade na prática e de todos os benefícios, o hiking se tornou uma tendência na quarentena. Ainda mais por se tratar de uma atividade física ao ar livre que pode ser feita em isolamento social.

Quem conta muito bem sobre isso é Luiza Terpins, cofundadora e diretora de conteúdo da Além.com.br em fala concedida à Vogue: “As trilhas conectam viagem na natureza com exercícios físicos e saúde mental, três pontos bastante afetados durante a quarentena”.

“Além de ser um bom programa com a família e amigos, já que agora as pessoas tendem a se sentir mais seguras em lugares abertos e com espaço”, complementa.

Diferença de hiking e trekking

Muitas pessoas já podem ter ouvido o termo trekking e ficar em dúvida sobre a diferença entre ele e o hiking.

Enquanto o trekking tem a ver com desbravar caminhos desconhecidos e caminhadas que podem durar dias, o hiking é uma atividade de lazer para o dia a dia, feita em trilhas e estradas bem definidas.

Quem gosta de desafios pode dar um passo além e ir para o trekking, mas quem quer incluir um momento de conexão com o ambiente de forma simples na rotina com certeza vai gostar bem mais do hiking.

hiking usenatureza 2

Gostou de conhecer mais sobre a tendência do Hiking? Então pegue a sua bolsa, prepare sua necessaire e comece agora mesmo a explorar a NATUREZA ao seu redor!

Compartilhe a natureza!

Uma tendência de saúde e qualidade de vida que está cada vez mais forte

Acordar se sentindo bem consigo mesma, quem não quer isso? O problema é que não é tão fácil assim. É mais fácil dito do que feito. Infelizmente, acordar com ansiedade está se tornando tão comum quanto um café pela manhã. Se você também passou por isso, precisa ler isso aqui! Hoje você vai conhecer o wellness e descobrir como colocá-lo em prática de forma simples no seu dia a dia.

Pequenos atos de autocuidado podem ser inseridos com facilidade na rotina para um conforto maior. Mesmo que sejam dez minutos para apreciar o nascer do Sol ou alguns momentos para inspirar e expirar longe de tudo. Venha entender como o wellness faz uma diferença real na sua vida e só tem benefícios.

A importância do Wellness

A estimativa da OMS (Organização Mundial da Saúde) é a de que o Brasil lidera rankings de depressão e ansiedade. Cerca de 20 a 25% dos brasileiros passa, passou ou irá passar por um quadro de depressão. Enquanto 9,3% da população teve transtornos de ansiedade, o que representa 20 milhões de pessoas.

Diante desses dados, o que se pode perceber com facilidade é a necessidade do wellness e do autocuidado em nossas vidas, como nos mostra a especialista em wellness e professora de ioga Marina Mártims em entrevista à Forbes: “Você se alimenta melhor, dorme melhor e desenvolve uma percepção sensorial mais apurada”.

Como o Wellness nos ajuda

Mas o que é esse wellness e como ele pode nos ajudar? Antes de mais nada, uma breve explanação sobre o que se trata vem bem a calhar. “Wellness é uma condição de completo de bem-estar físico, mental e social, não apenas a ausência de doenças ou enfermidades”, segundo a definição da própria OMS.

Mas isso por si só não mostra os benefícios que o wellness proporciona. Para o Departamento de Saúde e Aconselhamento da Universidade de Davis, nos Estados Unidos, o autocuidado é essencial e vantajoso: “manter um nível otimizado de wellness é crucial para manter uma alta qualidade de vida. O wellness importa. E ele importa porque tudo o que fazemos e toda emoção que sentimos é relacionada ao nosso bem-estar”.

Além disso, o autocuidado pode ser utilizado diariamente com práticas gerais que nos trazem qualidade de vida. A própria Universidade de Davis apresenta 8 dimensões em que o wellness pode ajudar diretamente tanto no lado pessoal quanto em sociedade:

    • 🌿 Emocional
    • 🌿 Ambiental
    • 🌿 Financeiro
    • 🌿 Intelectual
    • 🌿 Ocupacional
    • 🌿 Física
    • 🌿 Social
    • 🌿 Espiritual

O Wellness no dia a dia

Muito do que se vê por aí como wellness pode ser visto com maus-olhos, mas quem mostra que há muito mais sobre autocuidado do que a superfície é o psicólogo internacional Adolph Brown em fala concedida ao Huffington Post: “as pessoas costumavam falar de autocuidado em termos de mimos”.

“Autocuidado não é massagem ou manicure, é impor limites a você mesmo”, complementa. Ou seja, o wellness pode ser também por via de pequenos presentes a si mesma, mas vai muito além disso em todos os sentidos. É entender o que faz bem, o que faz mal e estar pronta para ter o autocuidado com a saúde mental necessário para o nosso contexto atual.

“Praticar o autocuidado em 2020 também significa autopreservação”, finaliza bem a terapeuta familiar e empreendedora Beverley Andre.

Investindo no autocuidado

Como o autocuidado é muito mais do que está na superfície, o valor de promover bem-estar para a própria vida é imenso. Não há preço em estar bem consigo mesma, respeitando os próprios limites, claro. Afinal, saúde não tem preço!

O wellness não é luxo ou futilidade, é apenas o suficiente para cuidar de si mesma. “Quando tenho tempo para dar minha atenção a algo positivo, a algo criativo, é realmente gratificante”, conta a atriz Zooey Deschanel à Glamour. “Percebi que autocuidado pode ser qualquer coisa que você goste!”

estilo wellness saude bem-estar 2 usenatureza

Gostou de descobrir mais sobre o wellness e sua aplicação na rotina através de pequenas atitudes? A USENATUREZA também está sempre preocupada com a qualidade de vida e, por isso, traz tudo o que você precisa para garantir o wellness no seu dia a dia.

Compartilhe a natureza!