esteia

O australiano Lincoln Harrison juntou talento e paciência à técnica fotográfica da longa exposição para captar imagens incríveis do rastro deixado pelas estrelas durante a rotação da Terra.

As imagens levaram entre 13 a 15 horas para serem capturadas, o que obrigou o fotógrafo a ficar acampado e acordado durante a noite.

Essa técnica da longa exposição consiste em deixar o obturador da câmera aberto por 30 segundos ou mais, mas Harrison foi bem além disso. Durante horas, ele permitiu que sua Nikon D7000 captasse o céu estrelado sob o lago Eppalock, na Austrália.

Compartilhe a natureza!