Jefferson Kulig exalta feminilidade no verão 2010. As transparências surgem localizadas no decote ou em peças sobrepostas. Os mínis imperam e são propostos para colocar as pernas de fora no calor.
Os vestidos são o carro-chefe da linha. O desfile abriu com a sequência de branco em que dobraduras de tecido davam volume aos ombros.
Os tubinhos contornam a silhueta e marcam a cintura com transpassados. Modelos mais soltos também aparecem e ganham detalhes metálicos que formam pequenas pranchas. Regatas ou blusas de mangas bufantes fazem parceria com calças de corte reto e seco estampadas com padronagem barroca.
As leggings metalizadas em cinza são boas sugestões para a noite. As sandálias com aplicações de metal completam o visual da grife.

Jefferson Kulig exalta feminilidade no verão 2010. As transparências surgem localizadas no decote ou em peças sobrepostas. Os mínis imperam e são propostos para colocar as pernas de fora no calor.

Os vestidos são o carro-chefe da linha. O desfile abriu com a sequência de branco em que dobraduras de tecido davam volume aos ombros.

Os tubinhos contornam a silhueta e marcam a cintura com transpassados. Modelos mais soltos também aparecem e ganham detalhes metálicos que formam pequenas pranchas. Regatas ou blusas de mangas bufantes fazem parceria com calças de corte reto e seco estampadas com padronagem barroca.

As leggings metalizadas em cinza são boas sugestões para a noite. As sandálias com aplicações de metal completam o visual da grife.

(Thaís Camargo TERRA MODA)

Compartilhe a natureza!