Suzana Avelar

A professora Suzana Avelar, da universidade de São Paulo (USP), doutora em comunicação e semiótica, falou sobre o estilista na matéria Moda Inovadora – Jornal Gazeta do Povo – Paraná.

Você fala do estilista Jefferson Kulig em seu livro “Moda:  Globalização e novas tecnologias “. Como você avalia as intervenções tecnológicas em seus desfiles?

Lembro de um desfile de Kulig, em particular , que foi extremamente significativo. Foi o da coleção de inverno de 2004. Além da proposta ser genial e pouco aceita pelo público na época, ele explodia em significados: desde a própria  roupa até a realização do desfile, em que a trilha sonora era o interior do corpo humano das modelos. Isso significou a tecnologia digital em sua mais tangível  aparição.

Compartilhe a natureza!