As fotografias de alta velocidade já tinham nos mostrado imagens incríveis: balões explodindo, objetos perfurando materiais, animais em movimento, etc., sem esquecer o famoso impacto de uma gota numa superfície de água ou outro líquido.

Ficamos surpreendidos com as formas estranhas e belas que se revelaram aos nossos olhos e, sobretudo, pela incapacidade da nossa visão em captar essas realidades ocultas. A tecnologia, através da fotografia, começou abrir os horizontes do mundo visível. Atualmente, com o vídeo digital, a câmera super-lenta ampliou aqueles horizontes até limites impensáveis. Ficamos assim, sabendo, que o comportamento da água se assemelha a uma dança…

A mais de 2000 frames por segundo podemos ver que uma gota de água se comporta como uma bola de borracha quando cai sobre uma superfície do mesmo líquido. Eis um vídeo com esses movimentos ultra-rápidos que a câmera super-lenta revela aos nossos olhos. Não é incrível?

Equipe Jefferson Kulig.

Compartilhe a natureza!