luz-garra

O mecânico mineiro Alfredo Moser, que em 2002 encontrou uma solução para iluminar sua casa com a invenção apelidada de “lâmpada engarrafada”!

Essa grande ideia veio durante um período de frequentes apagões de energia que o país enfrentou no referido ano. Percebeu que poderia escapar do escuro pendurando no telhado de casa garrafas plásticas cheias de água.

Para produzir a lâmpada basta pegar uma garrafa PET transparente de dois litros e encher com água e mais duas tampinhas de água sanitária (para a água não ficar turva com o tempo). A potência da lâmpada do Sr. Alfredo vai de 40 a 60 watts, dependendo de quão forte for o sol, e pela eficácia da engenhoca, ele começou a instalar na casa de vizinhos e parentes.