Uma série de formas de vime bulbosas, criadas pelo designer francês Matali Crasset visam promover as técnicas tradicionais de tecelagem do Zimbábue.

Matali Crasset criou as peças durante um workshop no Zimbábue, chamado Basket Case II, com artesãos a partir do Bulawayo – um programa social financiado pela cidade de Bulawayo para ajudar mulheres desempregadas aprender um ofício específico.

Crasset trabalhou com 17 mulheres e um tecelão mestre durante uma semana para criar a coleção de vasos, com base em um tipo de cestaria tradicionalmente feita no país sul Africano.

Esta foi a segunda oficina que o grupo passou a desenvolver a forma tradicional, seguindo uma outra realizada em 2011. As peças são feitas a partir de fibras naturais de malha chamados inqwanga, utilizados para a estrutura, e Ilala folhas de palmeira.

“Coleção Família do Cabaça é um sistema baseado na repetição de uma forma em vários tamanhos, como um sistema de cultivo vegetal”, disse o designer, cujos projetos recentes incluem uma  renovação de uma escola de culinária francesa. “Eu amo esse objeto como é inexata e você sente que uma pessoa deu o seu tempo e sua consideração, basicamente, tornando-a-kind um dos objetos de cada vez”, acrescentou.

10

12

11


 

tubo_hotel_20111006_bo_05

Se você está pensando em passar as férias pelo México e quer se hospedar em um lugar bem legal, precisa conhecer o TuboHotel que fica na cidade de Tepoztlan. O hotel é literalmente feito com tubos empilhados.

O TuboHotel é único e seu design original é muito inovador. O projeto é do casal Robb Anderson e Ana Garcia que em apenas três meses o hotel estava pronto. Este hotel é um exemplo de uma construção realizada com materiais reciclados e sustentáveis. Não foi feita qualquer escavação para a instalação dos edifícios, nem houve corte de árvores.

tubo_hotel_20111006_bo_07

O hotel funciona como um albergue, ou seja, pretende oferecer uma hospedagem econômica – mas confortável – aos viajantes. Cada tubo é um quarto. E cada quarto tem capacidade para três pessoas.

HOME


A arte e a natureza sempre estão em contato e existe muita coisa legal por ai mostrando essas intervenções artísticas que interagem de maneira criativa com o entorno de onde estão localizadas. Seja com as árvores, trepadeiras, ou qualquer outro elemento natural ou urbano. Toda arte é bem vinda em nosso dia-a-dia.

Veja algumas imagens super criativas.

01 – Cara da cidade, Canadá por Dan Bergeron

01

 

02 – A Lenda dos Gigantes, Polônia por Natalia Rak

02

03 – Cabelo, Martinica por Nuxuno Xän

03

Lista completa no site http://www.arquiteturasustentavel.org/

 


De golfinhos, baleias, tubarões e peixes todos sabem. O que o biólogo russo e fotógrafo da vida marinha, Alexander Semenov quer apresentar é a vida marinha escondida além da superfície.

Ele revela os animais presentes no reino subaquático, que vivem quilômetros de distância mar adentro. Em específico, as águas-vivas.

Nas palavras dos integrantes de seu grupo de estudos “você não pode estudar as águas-vivas em um laboratório ou em um aquário, porque seu corpo pode se partir com apenas um toque humano”. Então, nada melhor do que explorar os animais em seu habitat natural.

águaviva

águaviva1


...678910...203040...