Do lado de fora de uma das cinco saídas de Estação de Shibuya, em Tóquio fica a estátua de bronze do cachorro Hachiko. É um dos pontos de encontro mais populares da imensa cidade de Tóquio.  Hachiko foi um cão de Akita marrom-dourado , que nasceu em 1923 e  foi pego pelo professor Hidesaburo Ueno, que o levou para casa. Todas as manhãs, os dois iam juntos até Estação de Shibuya, para Ueno ir para o trabalho. Hachiko então esperava seu retorno no final da tarde.

o-cachorro-mais-leal-da-historia-blog-usenatureza

Isto se tornou rotina por um ano, até um dia em Maio de 1925, o Professor Ueno não voltou. Ele havia sofrido uma hemorragia cerebral fatal, deixando Hachiko a espera. Durante nove anos, nove meses e 15 dias, Hachiko aguardou o retorno de Ueno. Durante estes anos, ele foi cuidado por parentes do professor, mas nunca desistiu de esperar por seu dono. Hachiko tornou-se um símbolo nacional de lealdade no Japão.  Um ano antes de sua morte, em 1934, a estátua de bronze em foi erguida na estação de Shibuya. Durante a Segunda Guerra Mundial, a estátua foi demolida e derretida para fazer munição, sendo refeita em 1948, quando a guerra terminou. Há várias estátuas do cão e seu dono em todo o país. A história de Hachiko foi contada no filme Hachi: O conto de um cão, de 2009, no qual Richard Gere interpretou o personagem do Professor Hidesaburo Ueno.

o-cachorro-leal-historia-blog-usenatureza

o-cachorro-mais-leal-blog-usentarureza


Dia 9 de setembro comemora-se no Brasil o dia do Médico Veterinário pois nessa data Getúlio Vargas criou a normatização a atuação e ensino da profissão no país. O médico veterinário trabalha para alcançar a harmonia nas interações entre o homem, meio ambiente, animais, tecnologia e ciência. Sua importância está em cuidar da saúde animal e, consequentemente, da humana. Ele pode atuar no atendimento clínico, cirúrgico e reprodutivo de pequenos e grandes animais, preservação de espécies, programas de controle de qualidade e desenvolvimento de tecnologias para as áreas da saúde e da agropecuária… Nestes próximos dias de comemorações, um parabéns mais do que especial aos médicos veterinários, e a lembrança àqueles  que possuem consciência social e  trabalham em parceria com ONGs e protetores de animais ajudando cães e gatos  abandonados e educando seus clientes para a guarda responsável.

9-de-setembro-dia-do-medico-veterinario-gato-blog-usenatureza

9-de-setembro-dia-do-medico-veterinario-blog-usenatureza

9-de-setembro-dia-do-medico-veterinario-flavia-alessandra-blog-usenatureza


Muitas vezes acumulamos velharias ou nos desfazermos de coisas que achamos que não tem nenhuma finalidade.

De formas criativas e inteligentes podemos reaproveitar e reciclar objetos antigos comuns em novas úteis. Além de contribuirmos de maneira significativa ao meio ambiente, transformamos e decoramos o ambiente com um toque único e super descolado.

12

10

13


Ter as crianças em contato com a natureza faz com que elas ganhem o entendimento da própria existência, qualidade de vida e preparação para o futuro.

Em um dia a dia tomado cada vez mais por tecnologias de todos os tipos, apreciar a natureza é uma atividade que acaba sendo deixada de lado por muitos adultos. Quando essa falta de interesse interfere na educação das crianças, surge um problema: não haver estímulos para o contato com plantas e animais ou a observação dos fenômenos climáticos distancia os pequenos do mundo em que vivem e que precisarão preservar para garantir um futuro equilibrado e saudável.

No futuro, essas crianças sentirão com força os benefícios de amarem e respeitarem a natureza.

2014-10-08_175538

2014-10-08_180232


...34567...102030...