Segundo um estudo britânico pedalar, caminhar ou até ir de transporte público para o trabalho é melhor para o bem-estar do que dirigir. A pesquisa das universidades de East Anglia (UEA) e York observou 18 mil pessoas durante uma década. A conclusão dos especialistas é que deixar o carro na garagem pode ter um impacto profundo na qualidade de vida. Além dos óbvios efeitos na saúde, o estudo destaca os efeitos psicológicos da troca de meio de transporte.

Aqueles que tinham viagens mais ativas apresentaram níveis de bem-estar maiores do que os que dirigiam ou tomavam condução. Ao analisar os níveis de bem-estar de um pequeno grupo que trocou o carro ou o ônibus por bicicleta ou caminhada, os pesquisadores descobriram que o grupo ficou mais contente. ” Estudos anteriores já tinham apontado os benefícios de não andar de carro para quem quer controlar o peso. Homens que vão trabalhar de ônibus ou trem têm, em média, cerca de três quilos a menos que os que dirigem.


Em celebração ao dia mundial do livro, dia 5 de março, o artista argentino Raul Lemesoff, construiu um tanque de guerra com livros. Para esta causa, ele reformou um Ford Falcon 1979, o utilizando para carregar livros desde seu exterior e também no seu interior, e com capacidade de armazenar 900 livros gratuitos.

Lemesoff chama sua biblioteca militar de, Arma de Instrução em Massa, e ele dirige pelas ruas da Argentina oferecendo os livros para quem os quiser, contanto que prometa que irá ler.

 

 


Trofologia é a ciência que estuda a combinação entre alimentos para evitar doenças como: câncer, obesidade, artrite, artrose, intestino irritável, problemas de estômago, diverticulose, diarréia, hemorróidas, úlceras, insônia, impotência e muitos mais.

combinando-alimentos-para-uma-vida-mais-saudavel-blog-usenatureza

Classificação de alimentos

Proteínas: alimentos que contenham pelo menos 15% de matéria protéica.   Proteína concentrada: Carne, peixe, aves, ovos, leite, queijo (animal)   Proteína Light: Nuts, feijão, ervilhas, soja, abacate, cereais integrais.

Carboidratos: alimentos que contenham pelo menos 20 % de amido e/ou açúcares amidos: amendoim, bananas, batatas, milho, todos os produtos à base de massas, arroz, pão, biscoitos, bolos e doces, cereais refinados, etc.

Açúcares: açúcar, frutose, mel, xarope, palma mel, frutas doces, passas, tâmaras, figos , ameixas, compotas, etc.

Gorduras: óleo de origem animal ou vegetal. De origem animal: manteiga, nata, manteiga, gordura, carnes gordas (porco).   De origem vegetal: óleo de oliva, soja, girassol, gergelim, milho, cártamo, todos os óleos de nozes.

Vegetais: alface, alfafa, agrião, aipo, repolho, couve de Bruxelas, couve-flor, espinafre, brotos de feijão, pepino, abóbora, aspargos, cebola, berinjela, nabo, agrião, alho-poró, abobrinha, rúcula, feijão verde, pimentas, rabanetes, cenouras, alcachofras, azeitonas, etc.

Ácidos e frutas ácidas:  kiwi, laranja, toranja, lima, limão, morangos, mirtilos, abacaxi, tomate, vinagre, etc..

Frutas sub-ácidas: maçã, pêra, pêssego, pêssego, damasco, cereja, uva, damasco, nectarina, ameixa, melão, melancia (todas as variedades), mamão, manga, pinha, etc.   citrinos, tomate, vinagre, etc.

combinando-alimentos-para-uma-vida-mais-saudavel-frutas-blog-usenatureza

As más combinações são: proteína com carboidrato; proteína com proteína; proteína com ácido; proteína com açúcares , proteína com gordura; carboidratos com carboidratos.

O leite deve ser tomado sozinho como um alimento de proteína, e, se possível, de uma forma natural, não pasteurizado.

Na seção “frutas” há melões, que deve ser comidos sozinho para uma ótima digestão e assimilação.

Bananas, uvas passas, figos secos, tâmaras e ameixas são carboidratos da mais alta qualidade, e não devem  ser combinado com proteínas.

Vegetais combinam bem com tudo exceto a batata (que é um amido) e tomate (que é um ácido).

A gordura não deve ser combinada com proteínas concentradas, mas são relativamente compatíveis com proteínas light.

Assegurar que pelo menos 50 % da sua dieta é composta de alimentos consumidos frescos em estado natural. Isto irá fornecer enzimas e fibras necessárias para compensar as combinações incompatíveis de alimentos cozidos.

Não coma mais do que uma refeição diária de proteínas animais concentradas.

Coma pelo menos uma refeição diária de alimentos crus, e assegurar que pelo menos 50 por cento de sua dieta diária consiste em produtos brutos.

Evite leite e produtos lácteos não pasteurizados, e ovos cozidos. Mas se você comer esses produtos comê-los sozinhos.

Faça jejum de pelo menos uma hora ao acordar, e use esse tempo para fazer exercício. À noite, a última refeição deve ser de 2-3 horas antes de ir para a cama.

 


Apreciar a natureza sempre é um hábito relaxante e renovador. Caminhar pelo parque, por um bosque ou até mesmo em ruas mais calmas é um benefício para a saúde corporal e a mental.

O ar puro das árvores e o barulho das folhas traz uma calmaria que alivia as tensões do dia a dia. E isso não é resultado de pesquisa, pois a vivência com a natureza é comprovada como benéfica há muito tempo.

O florescer das árvores nos relembra que a primavera chegou, que uma vida nova nasce para os próximos meses. Caminhar por ruas inteiramente arborizadas pode ser hipnotizante.

nafplio, peloponnese, greece

poa, brazil

positano, italy

washington dc, usa


12345...102030...